quarta-feira, agosto 29, 2007

beat box - nouvelle star

Aquilo que se pode fazer com a boca...

quarta-feira, agosto 22, 2007

A ti dei todos os versos sem rima,
Depositei num cofre todos os dias de ouro.

Descubro agora que não era poesia,
Nem ouro nem prata,

Foi tudo uma miragem ,
Dias de chumbo carregados.


Porque te conservo na memória?

Pois… já sei,
Porque sou modelo antigo não equipado de delete ou reset.

Sabes no que se tornou o calimero quando cresceu?
Em frango assado!


A terra tudo perdoa,
E no deserto tudo seca.

Assim estamos um diante do outro,
Como antes,
Antes de qualquer gesto.

Qualquer afeição.
Outro momento,
Tão ávidos como no princípio,

Em que só havia o singular.

segunda-feira, agosto 13, 2007

Gay Levis!

Os anúncios dedicados ao público homossexual, se bem que não usuais, já são vistos nas TVs internacionais. A novidade surge numa campanha da marca Levi’s, que produziu duas versões do mesmo anúncio: uma para hetero, outra para homosexuais. primeiro anúncio passa na MTV, o segundo no canal Logo, também da MTV mas dedicado a homossexuais.
«Achamos que falar especificamente para a comunidade gay é uma aproximação inteligente por parte dos responsáveis de marketing», afirma um dos responsáveis pelo canal ao site Advertising Age.

A opção parece ser eficaz, até porque o Portal Propaganda afirma que o poder de compra da população gay e lésbica corresponde a 641 mil milhões de dólares. Daí que este já não seja o primeiro anúncio destinado a este segmento de mercado.

O site refere outras publicidades que deram o ‘mote’, abrindo novas perspectivas para este mercado a explorar.

É o caso da marca de whisky Johnnie Walker onde duas mulheres aparecem juntas num casamento. Apesar de se dar a entender inicialmente que são damas de honor, elas são de facto as noivas.

Também a companhia de telefones móveis T-Mobile, abre precedentes, com um anúncio com dois homossexuais que promovem telefonemas gratuitos entre casais.

«Até recentemente os gays eram figurantes para atingir o público hetero, seja pelo ar de modernidade, pelo estilo, seja mesmo pelo humor. Agora tornaram-se o alvo da mensagem», diz Mike Wilke, director da Commercial Closet, uma ONG que controla a imagem dos homossexuais na publicidade de grandes empresas, ao Portal Proganda.

As estatísticas apresentadas por este site anunciam que, nos Estados Unidos, a publicidade com personagens gays corresponde a mais da metade dos anúncios nos media.

Ainda nesta região, há três anos os números cingiam-se a dez por cento do total. A tendência já chegou à Europa, onde a França, a Inglaterra e a Alemanha são os países mais avançados neste tipo de publicidade.

Recebem para emagrecer!

prémio de 50 euros será pago aos homens que perderem quatro quilos num mês ou a mulheres que emagrecerem três quilos, (ainda dizem que não há discriminação!) segundo Gianluca Buonanno, presidente de Varallo.

Se conseguirem manter o novo peso pelos cinco meses seguintes, os beneficiários vão receber outros 200 euros, ( leram bem) disse o prefeito à Reuters.

«Muita gente diz: 'Realmente preciso perder peso, mas é realmente difícil. Então pensei: por que não entrar numa dieta em grupo?'», disse Buonanno, que afirmou ter seis quilos acima do peso.

A substituição da tradicional dieta mediterrânea por alimentos processados, com mais gordura, sal e açúcar, contribuem para o «arredondamento» dos povos mediterranicos.

Se a moda pega o Zézinho arruina ainda mais o país, por cá o que mais temos é gente disposta a "sacar" uns cobres de todas as formas menos trabalhar!

quinta-feira, agosto 02, 2007

Lingerie


Hoje por razão nenhuma em especial fui ao Corte Inglês, como havia saldos resolvi procurar uma lingerie em conta, mal sabia eu no que me ia meter…

Algo aparentemente simples tornou-se rapidamente uma epopeia sem que desse conta, jamais eu imaginara a variedade de modelos de copas, alças e funções…

Sim depois de uma breve explicação pela senhora da 1ª secção, (havia uma por cada uma das pelo menos 10 secções de lingerie), a explicação sobre caixa (com “barba” ou sem ela) das copas e dos tecidos e marcas aprendi umas coisitas:
1- Os soutiens podem ter caixa com barba (araminho) ou elástico.
2- As letras no tamanho definem o tamanho da mama.
3- Os números no tamanho definem a largura das costas.
A esta altura ja eu imaginava a escolha do soutien como uma busca de coordenadas em riste...
4- Os soutiens podem ser: caicai, simples, lifter, de desporto, cruzados ou pasmem-se Multifunções!
E foi aqui que decidi aprofundar a coisa...
"- Desculpe disse multifunções?! como os electrodomésticos?"- perguntei incrédula á assistente de loja.
"Não propriamente, multifunções porque as alças pode ser postas de varias formas" respondeu a rir-se.
Eu continuei a querer saber mais:
"Como assim podem por-se nos ombros no pescoço nos joelhos?!"
Uma gargalhada depois responde: "Eu mostro-lhe"
Confesso que aqui ruborizei... imaginei a senhora a levantar a camisa e mostrar-me...2 segundos depois situei-me e a imagem apagou em definitivo no cerebro voltando a face ás cores naturais.
Mostrou-me os ditos multifunções que para alem das alças prestativas tinha uma almofadinhas que achei o maximo, perguntei se havia o multifunções sem os travesseiros, (imaginei as minhas mamas adormecidas em cada uma das almofadinhas e achei que não, elas ja dormem o suficiente), enviou-me para outra secção onde fui atendida por uma mulata lindissima.
- A sra deve vestir o blablablá ( nao me lembro exactamente das coordenadas)- disse a miuda a olhar intensamente para o meu peito.
Corei de novo, e respondi: "- Não faço ideia, nãoo é para mim..." riso, - pensamento-(ena sou muito boa a mentir ... e a por a pata na poça...) continuei brilhante:
- Deve ter muita pratica, para avaliar assim a olhómetro.. .
pensamento-1- (A gaja deve olhar para dezenas de mamas todos os dias...)
pensamento-2-( óh gaja bem que podias medircom as manitas essa coisa de olhómetro, a margem de erro sempre era menor e o gozo maior...ehehe)
Voltei a situar-me...
" e quanto custa esta pequena maravilha?"
_ 80 € já com o desconto.
Irra 80 €?! Alem do nome custa o mesmo que um electrodomestico! Acho que passar a deixar as mamocas á solta...
-"... let them free..."

terça-feira, julho 24, 2007

Sete Sonhos de Pássaros



De 26 a 29 de Julho, o Auditório Fernando Lopes-Graça, no Parque Palmela, será palco de mais uma produção da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, instituição dirigida por Vasco Wellenkamp e apoiada pela Câmara Municipal de Cascais desde 1999. “Sete Sonhos de Pássaros” é o bailado coreografado por Wellenkamp a partir de uma colagem musical em cena de quinta a domingo, sempre às 21H30.

“Sete Sonhos de Pássaros” tem sido para Vasco Wellenkamp “a mais intrigante de todas as obras” em que se envolveu. Segundo o director da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, a concepção deste espectáculo nasceu a partir da leitura do poema persa de Farid Ud-din Attar — A Conferência dos Pássaros. A partir daí, “foram surgindo fragmentos, imagens disformes de seres que, consciente ou inconscientemente, deixei vaguear nos cenários que a imaginação artística elege. A lucidez do pensamento diurno conseguiu esclarecer e afastar, momentaneamente, o absurdo dessas imagens, mas a força caleidoscópica dessa caótica estranheza voltava sempre no silêncio que antecede o sono, tomando o lugar da ordem e do método e obrigando-me a ceder.”
Ja vi a coreografia “Sete Sonhos de Pássaros”, vale a pena ir ver, é dança com uma grande carga dramática sem ser dança-teatro, e feito com um grande rigor plástico.
Neste espectaculo estreará uma nova coreografia do novo director da companhaia Pedro Gomes, de 34 anos, "é bailarino e coreógrafo e já trabalhou nomeadamente com Nacho Duato e Jiri Kylian", referiu Vasco Wellenkamp, acrescentando que deverá assumir a direcção da CPBC a partir de 1 de Outubro.

O corpo de bailarinos conta com: Teresa Alves da Silva, Emilio Cervelló, César Fernandes, Patrícia Henriques, Adrian Herrero, Susana Lima, Liliana Mendonça, Gustavo Oliveira, Fábio Pinheiro, Diana Quintas, Miguel Ramalho, Rita Reis, Guzman Rosado, Ricardo Oliveira. Os figurinos são da responsabilidade de Liliana Mendonça e as luzes de Orlando Worm.

O espectaculo é de entrada gratuita!
Também é ao ar livre pelo que aconselho ir com agasalho ou manta!
Informações pelo tel.: 214 825 017

O Parque Palmela fica em Cascais, para quem for pela Marginal é antes do Jumbo.
Eu lá estarei ...

quinta-feira, julho 12, 2007

Desafio de leitura....

A Angell desafiou-me a revelar as minhas leituras, vai ser um desapontamento, mas eu não leio, pelo menos livros, so panfletos de supermercado! e é por que têm "bonecos"...
Tive a investigar e parece que proliferam os 5 livros favoritos, os filmes as ferias os nomes etc, eu durmo 5 horas por noite e o tempo não me chega para tudo.
Assim ficam para outras alturas as leituras, alguns afectos alguns desejos...

terça-feira, junho 19, 2007

REFLEXÃO SOBRE AS PERTURBAÇÕES!


_ NÃO ME LEMBRO DO SR. ANTÓNIO COSTA TER AVANÇADO OU PROPOSTO NOVO PROJECTO DE CASAMENTO DO CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO.
_ O SR PODIA MAS NÃO FEZ!
Lembra-se agora de uma população votante, ate dá jeito que os 15 % de população acredite nele, e tem estas perolas politicas.
_Como é ??? O PS ou a JS vai ou nao alterar a legislação? e se sim é só se o Tony ganhar?
Para todos eles mostro-lhes o traseiro!!!
PS: pergunto-me se os senhores candidatos, com relevo para o SR ANTONIO COSTA, vai desfilar no PRIDE...
Sim, o oportunismo irrita-me!!!!

segunda-feira, junho 18, 2007

Perturbação IV



17 Fev. 2007 Encontro em Aveiro

JS discute casamento gay

O secretariado da Juventude Socialista (JS) discute hoje a possibilidade de apresentar na AR um anteprojecto para legalizar o casamento entre homossexuais, apesar do pouco entusiasmo que a questão gera de momento na Esquerda

O anteprojecto está pronto há mais de um ano, mas a JS assumiu o compromisso com a direcção do PS de só o apresentar no Parlamento após a realização do referendo sobre a interrupção voluntária da gravidez (IGV), que terminou com a vitória do "sim".

Durante as jornadas parlamentares do PS, que decorreram esta semana, em Óbidos, o líder dos jovens socialistas, Pedro Nuno Santos, anunciou a intenção de avançar com um tema considerado «fracturante» e que tem sido desvalorizado pela direcção do partido.

Há precisamente um ano, quando apresentou o anteprojecto no Parlamento, Pedro Nuno Santos, afirmou que, «quanto a prioridades, as matérias de direitos fundamentais são questões sempre prioritárias» e que «não é compreensível a sua secundarização».

«Podem ser feitas várias coisas ao mesmo tempo. Nem a economia deixa de avançar nem as reformas deixam de ser feitas só porque estamos a debater o casamento civil», acrescentou.

Em Aveiro, o secretariado da JS vai discutir a oportunidade de reapresentar o projecto do casamento entre pessoas do mesmo sexo, que não prevê a adopção de crianças por casais homossexuais.

O semanário SOL, no entanto, avança nesta edição que PS, BE e PCP não estão interessados na discussão de temas fracturantes nos próximos tempos.

Lusa / SOL

Perturbação III


17 Fev. Encontro em Aveiro

JS exclui casamento gay das suas prioridades

A direcção da Juventude Socialista (JS) definiu hoje os temas prioritários a desenvolver até ao final deste ano, excluindo os casamentos entre homossexuais, bandeira que deverá ficar relegada para os dois últimos anos da legislatura

Em Fevereiro do ano passado, a JS apresentou no parlamento um anteprojecto de legalização dos casamentos entre homossexuais, mas adiou na altura a tentativa de discussão do tema dentro do PS e de agendamento do diploma para depois do referendo sobre o aborto.
Hoje o Secretariado Nacional da organização de juventude do PS, liderada por Pedro Nuno Santos, esteve reunido em Aveiro e, no final do encontro, divulgou um comunicado, referindo que o «emprego e habitação, Europa e ambiente» foram escolhidos como as suas «prioridades a desenvolver até ao final do ano de 2007».
No documento, a JS adianta que não tem ainda «definidos calendários quanto à concretização dos restantes compromissos assumidos no passado», mas que «mantém o acompanhamento das temáticas da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, do combate ao racismo e xenofobia e à discriminação em função do género».
«No contexto da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE)» é «indispensável relançar a discussão em torno da Constituição Europeia e sobre o modelo económico europeu e mobilizar a juventude portuguesa para o debate sobre o futuro da UE», justificaram os jovens socialistas.
«Em matéria de emprego e habitação», outra das «temáticas a abordar no ano de 2007», a JS afirma que pretende «contribuir para a definição das políticas públicas nesta área» e, quanto ao ambiente, disse querer «lançar uma reflexão» sobre «as alterações climáticas e a política de energia».
Em relação à legalização dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo, a JS já apresentou publicamente o seu anteprojecto, em Fevereiro de 2006, faltando-lhe apenas entregá-lo na mesa do Parlamento e promover um debate público sobre o tema.
Após a entrega na mesa do parlamento, o agendamento do diploma da JS depende da vontade da direcção do PS, mas os jovens socialistas contam que isso aconteça, pelo menos, quando o BE ou Os Verdes decidirem agendar os seus projectos de legalização dos casamentos entre homossexuais.
Quanto ao referendo sobre o aborto, a JS saudou, no comunicado, «a expressiva vitória da despenalização da interrupção voluntária da gravidez, com 59,25 por cento dos votos expressos».
Os jovens socialistas prometeram «acompanhar o processo de regulamentação em curso, de forma a contribuir para a construção de um diploma claro e responsável, que permita à mulher manifestar a sua vontade, tomando uma decisão esclarecida e ponderada».
A organização liderada por Pedro Nuno Santos considerou contudo que «a reposta afirmativa dada no referendo de dia 11 de Fevereiro representa apenas o primeiro passo para tornar o recurso ao aborto raro» e defendeu uma aposta convicta na «educação sexual e no planeamento familiar».

Lusa / SOL

Perturbação II


Carmona desvaloriza questão dos casamentos 'gay' nos Paços do Concelho

Carmona Rodrigues colocou hoje dúvidas à cedência dos Paços do Concelho para casamentos 'gay', afirmando que essa é uma questão irrelevante para discutir numa campanha autárquica
«Puxar para o debate autárquico uma questão que não diz respeito às competências autárquicas é uma manobra de diversão», afirmou Carmona Rodrigues aos jornalistas, no final de uma reunião, em Lisboa, com a direcção da Associação de Restauração e Similares de Portugal (ARESP).
Sexta-feira à noite, durante um debate promovido pela ILGA Portugal, a número três da lista do PS para a Câmara de Lisboa, Ana Sara Brito, disse que a candidatura socialista está aberta à realização de casamentos civis, incluindo de homossexuais, no Salão Nobre da autarquia da capital.
No domingo, Costa afirmou que a existência de casamentos homossexuais depende do legislador mas sublinhou que a autarquia deverá respeitar todas as formas de construção de uma família.
Confrontado com esta proposta, o ex-presidente da Câmara de Lisboa questionou que, caso a legislação seja alterada para permitir casamentos homossexuais, eles venham a ser celebrados na câmara.
«Porquê nos Paços do Conselho? E porque não no Mosteiro dos Jerónimos? E no Castelo de São Jorge», interrogou-se.
Carmona Rodrigues adverte que a questão dos direitos dos homossexuais deve ser discutida ao nível legislativo mas insistiu que é «poeira para olhos» para «desviar as atenções» nesta campanha.
Fonte: Lusa/SOL

Perturbação I


Candidatura de Costa aberta a casamentos gay no Salão Nobre da CML

Ana Sara Brito, a terceira da lista do PS às eleições em Lisboa, disse hoje que a candidatura está aberta à realização de casamentos civis, incluindo de homossexuais, no Salão Nobre da Câmara.

A candidata da lista do PS às eleições de 15 de Julho para a Câmara Municipal de Lisboa defendeu duas cerimónias separadas, uma de casamentos religiosos e outra de casamentos civis.

Referindo-se à segunda cerimónia, disse que «seria muito bom que isso se fizesse na Câmara Municipal, no Salão Nobre», podendo incluir os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, se previstos na lei. «Esta é a opinião da equipa liderada por António Costa», sublinhou.

O candidato do PS a presidente da Câmara de Lisboa afirmou hoje que a existência de casamentos homossexuais depende do legislador, mas sublinhou que a autarquia deverá respeitar todas as formas de construção de uma família.As declarações de António Costa foram proferidas no final de uma visita à Casa do Artista, em Carnide, em que esteve acompanhado pelo seu mandatário para os idosos, o actor Raul Solnado, e por Maria de Jesus Barroso, mulher do ex-Presidente da República Mário Soares.
Sexta-feira à noite, durante um debate promovido pela ILGA Portugal, a número três da lista de Costa para a Câmara de Lisboa, Ana Sara Brito, disse que a candidatura socialista está aberta à realização de casamentos civis, incluindo de homossexuais, no Salão Nobre da autarquia da capital «O direito dos homossexuais ao casamento é um direito que nós defendemos», declarou a socialista, num debate promovido pela ILGA Portugal, nas instalações da associação.
Ana Sara Brito acrescentou que «se o Governo ou o Parlamento aprovarem» o alargamento do casamento aos homossexuais, estes poderiam casar-se numa cerimónia civil dos casamentos de Santo António.
Confrontado com a posição da número três da sua lista, António Costa declarou que, se o PS vencer as eleições, haverá «disponibilidade para dar assistência ou ceder espaços para qualquer tipo de casamento que exista».Sobre os casamentos homossexuais em concreto, o candidato socialista referiu que se trata em primeira instância de «uma opção fundamentalmente do legislador».«Se houver essa evolução por parte do legislador, a Câmara Municipal de Lisboa acompanhará», respondeu.
Na sua resposta aos jornalistas, o candidato do PS optou também por sublinhar a «importância da valorização e dignificação dos casamentos civis».«A construção de uma família deve ser sempre feita com a maior dignidade, seja qual for a forma de família que cada um decida construir», frisou.
De acordo com o ex-ministro de Estado e da Administração Interna, a Câmara Municipal «deverá respeitar e acarinhar todas as formas de construção de uma família, sem qualquer tipo de discriminação».«Numa cidade que se quer viva, é importante que as famílias se instalem na sua total liberdade e diversidade», acrescentou.

domingo, junho 17, 2007

Por estranho que possa parecer eu já existia antes de ti, quero dizer antes de entrares de rompante na minha vida e ficares confortavelmente instalada, já ria desmesuradamente, lia livros de enfiada, bebia vinho tinto e odiava caviar.

Por estranho que pareça eu viajava dentro e fora de mim em busca da estória, do Amor, para mim é isso o Amor sempre uma estória contada no tempo que se vive.
Por estranho que pareça eu já namorava o mundo em meu redor e mais distante, e foi esse namoro que fez de mim a pessoa que sou hoje.


Por isso não estranhes que precise de me namorar, de percorrer os caminhos pequenos dentro de mim, de escrever livros inteiros dentro da cabeça, mesmo que os heróis não sejam simpáticos.

Por isso não estranhas que te faça perguntas parvas quase infantis porque isso é o resultado da viagem, mais ou menos como uma foto-reportagem ao mundo imaginário.

Deixa me estar e odiar caviar.

sábado, junho 16, 2007

Perder Peso II

Cá esta uma actividade interessante, mas pensando melhor ainda parto os dentes!

sexta-feira, junho 15, 2007

Perder Peso I



Tenho de perder peso. Deixar de ter as pegas do amor (detesto quando me agarram pelas banhas), perder a celulite (não, não é a casca da felicidade é mesmo de laranja).


Não é que coma muito, ou muitas gorduras passo é muito tempo sentada...merda, se trabalhasse nas limpezas tinha um corpinho Danone, assim pareço um cone de gelado!


Das duas três ou faço dieta, ou exercício ou uma promessa á Nossa Senhora de Fátima, que ao fim ao cabo acredito tanto nela como acredito que vou conseguir fazer dieta e ou exercício...
Não me sinto feia, nem sinto horrorizada por ter 20 kg a mais, já não tenho é roupa que me sirva e não me apetece estoirar o orçamento a comprar mais. Alem disso já bati o recorde pessoal de peso a mais, começo a sonhar com a gordura á volta do coração e a sufocar durante o sono.
As varizes reclamam do esforço, em especial nos dias quentes, nos frios reclamam na mesma para que eu não as esqueça.


Raios! O que eu queria mesmo era tomar um comprimido e acordar no dia seguinte com o peso certo, com a sorte que ando o placebo ficava colado no fim da goela e morria sufocada na mesma. Mas era mais rápido.


A menos que faça qualquer coisa agora, terei provavelmente um enfarte antes dos 50…


Sempre detestei o esforço físico, nesta altura parece-me insuportável, de qualquer forma vou procurar uma actividade que seja capaz de me interessar…

quinta-feira, junho 14, 2007

O TRANSFORMISMO NO FEMININO III

O TRANSFORMISMO NO FEMININO II

O TRANSFORMISMO NO FEMININO I

Alguem me explica porque é que em toda a toca LGB há sempre um show de transformismo??
E sempre são homens a transformarem-se em mulheres!
Porque quase não há mulheres a fazerem show e a transformarem-se em homens? Só conheço a Betty Santos!
Pergunto:
_"Não há candidatas???"
_"Requer mais pericia?"
_"As mulheres têm menor sentido de espectactulo?"

Alguem que explique o porquê deste défice!!!

Pink Martini - una notte a Napoli

REPAREM NO OLHAR DESTA SENHORA

PINK MARTINI ! !


“Pink Martini is like a romantic Hollywood musical of the 1940s or 50s – but with a global perspective which is modern,” says founder and artistic director Thomas M. Lauderdale. “We bring melodies and rhythms from different parts of the world together to create something which is new and beautiful.”

The Portland, Oregon-based ‘little orchestra’ was founded in 1994 by Lauderdale, a Harvard graduate and classically trained pianist, to play political fundraisers for progressive causes such as civil rights, the environment, affordable housing and public broadcasting. In the years following Pink Martini grew from four musicians to its current twelve, and has gone on to perform its multilingual repertoire on concert stages and with symphony orchestras throughout Europe, Asia, Greece, Turkey, Lebanon, Canada and the United States.

Lauderdale met China Forbes, Pink Martini’s “diva next door” lead vocalist, when the pair was at Harvard. He was studying history and literature while she was studying painting, English literature and theatre. Late into the night in their college dormitory on the Harvard campus, Forbes would sing Verdi and Puccini arias while Lauderdale accompanied her on piano, and their creative collaboration blossomed. Three years later, Lauderdale called Forbes who was living in New York City, where she’d been writing songs and playing guitar in her own folk-rock project, and asked her to join Pink Martini. They began to write music and lyrics together for the band, and their first song “Sympathique,” or “Je ne veux pas travailler” (I don’t want to work) became a huge hit in France.

The ensemble made its European debut at the Cannes Film Festival and its orchestral debut with the Oregon Symphony in 1998 under the direction of Norman Leyden. Pink Martini has since performed with symphony orchestras across the country including four night nights with the Boston Pops in 2005, multiple concerts with the Hollywood Bowl Orchestra in 2000, two nights with the Los Angeles Philharmonic on a co-bill with Sergio Mendes in 2002 and two nights headlining with the Los Angeles Philharmonic in 2005. Other prestigious appearances include the grand opening of the Los Angeles Philharmonic’s new Frank Gehry designed Walt Disney Concert Hall, with return sold-out engagements for New Year’s Eve 2003 and 2004; the opening party of the New York Museum of Modern Art, the Kennedy Center and the William Morris Agency’s 100th birthday celebration with soul legend, Al Green.

Pink Martini’s debut album, “Sympathique,” was released independently in 1997 on the band’s own label Heinz Records (named after Lauderdale’s dog) and quickly became an international phenomenon, garnering the group nominations for “Song of the Year” and “Best New Artist” in France’s Victoires de la Musique Awards. Seven long years later the high-anticipated follow-up, “Hang on Little Tomato,” was released and climbed to #1 on Amazon.com’s best sellers list.

THE MUSIC

“Both China Forbes and I come from multicultural families,” says founder and pianist Thomas M. Lauderdale, “and all of us in the band have studied different languages and music from different parts of the world. So inevitably, because everyone in the band contributes in the writing and arranging of songs, the repertoire is wildly diverse. At one moment, you feel like you’re in the middle of a samba parade in Rio de Janeiro, and in the next moment, you are suddenly in a French music hall of the 1930s or in a palazzo in Napoli. It’s like an urban musical travelogue.” “We’re very much an American band, but we spend a lot of time abroad, in Europe, in Turkey, in Lebanon and therefore have the incredible opportunity to represent a different kind of America through our repertoire and our concerts – that is, an America which is the most heterogeneously populated country in the world – comprised of people from every country, every language, every religion.” “One of our goals is to make music which has broad appeal to people, no matter who they are or where they come from. We play the same set of music wherever we go, whether it’s in a small farming community in Oregon or in France or Turkey or with a symphony orchestra. My hope is that we’re creating music which can be turned up or down, and played on almost any occasion, from background music of a love affair to vacuuming around the house,” Lauderdale says.

Que Sera Sera -- Pink Martini

Mais uma musiquinha deliciosa

Pink Martini - Let's Never Stop Falling in Love, Paris 2004

Esta é uma das minhas canções! Sempre "mexe" comigo, faz-me dancar e sorrir

Pink Martini: Amado Mio

Comunicado_Agressão no Algarve

É na qualidade de relações públicas do site AlgarveGay.com e na qualidade de vitima que vos venho espôr o que aconteceu no dia 7 de junho na Marina de Albufeira: O team AlgarveGay, constituido por mim e pelo meu companheiro de vida, desde hà já algum tempo que participa como co-organizador em vários eventos e castings de moda aqui no Algarve, em colaboração com Monica Cabeleireiros, um salão existente na Marina de Albufeira.

No dia 7 de Junho, como acontece desde alguns meses, mais um casting estava organizado, desta feita com uma agência de Lisboa e para o qual haviamos igualmente sido chamados, questão de tirar algumas fotos dos "miudos", para guardar no nosso book...:Tudo correu lindamente até cerca das 16 horas. Nessa altura, e durante um momento de pausa em que todos estavam no calçadão da Marina, fomos abordados por um fulano, que se veio a descobrir ter já sido fotografado por nós noutros locais, o qual abordou o meu companheiro, perguntando se era ele o fotógrafo, para o que eram as fotos, etc...: Vendo que essa pessoa estava alcoolizada e certamente drogada, afastámo-nos, para continuar a falar do que nos estava a preocupar: o casting. De repente, e em frente de cerca de 50 jovens que estavam presentes para o dito casting, começamos a ser tratados de "paneleiros", a receber ameaças do estilo: " vem cá paneleiro, que te parto a boca toda", ou " rabeta, vou-te matar"... Eu, como fervo em pouca água, dirigi-me ao tal fulano e perguntei-lhe de onde nos conhecia para ter propósitos daquele género... Ele disse-me que era dirigido ao meu companheiro, e passados alguns segundos atirou-se a ele agredindo-o... Ainda tentei separar a briga, mas o meu companheiro vendo que ele lhe tentava roubar das mãos a máquina fotográfica deu-me a máquina, e eu, talvez um pouco por medo, fugi trancar-me numa loja existente a alguns metros do acontecimento...:

O que aconteceu depois?... Seis outros individuos, e uma mulher, levantaram-se da esplanada existente a 20 metros do local, e começaram a agredir o meu companheiro. De repente, e vendo o que se estava a passar no exterior, a dona do salão veio cá fora, e assim que ela saiu foi igualmente agredida.: A nossa sorte?... Os perto de 50 "miudos" que estavam ali para o tal casting, que ajudaram a defender o meu companheiro, que caiu nas mãos destes animais!...: Conseguiu-se, após alguns minutos e após a chegada dos seguranças da Marina, afastar este grupo, que teimava em continuar a briga. O meu companheiro sangrava de um ouvido, e estava todo inchado, a dona do salão, tinha a cara inchada e os braços a ficar negros... eu, apenas recebi um murro na cara e um pontapé no estômago antes de fugir!: Como é obvio, chamou-se a GNR no momento.
Os agressores haviam fugido, mas como ainda me lembrei de tentar manter a cabeça fria, lembrei-me de pedir para apontarem a matricula do carro.
A GNR chegou cerca de 20 minutos depois de tudo... Foram muito prestaveis, tiraram apontamentos de tudo... O casting ficou abalado mas não destruido. O meu companheiro... tivemos de chamar uma ambulância, pois ele havia desmaiado... mas tudo bem, foi só uma quebra de tensão.

Agora pergunto-me: Seria isto tudo já programado, ou seria apenas um acaso, devido a excesso de certos produtos por parte de um grupo de individuos estranhos?... Será que este ataque, a caracter homofófico, contra a equipa do site AlgarveGay.com foi mais um exemplo do que acontece aos Gays portugueses de vez em quando, ou será que foi dirigido contra os organizadores do casting? A verdade é que fomos nós, as "bichas" do AlgarveGay.com, os primeiros visados. E isto enquanto estávamos apenas fazendo apenas o nosso trabalho.
Pergunto-vos mais: Como fazer, agora, para continuar a minha vida profissional?... Das autoridades, ainda nada está definido, nem sequer tratado... A nossa vida profissional passa por sair á noite, em locais para os quais o nosso atelier de webdesign realizou sites. Para mais, desde já alguns meses atráz, o AlgarveGay.com lançou a sua vertente de organização de eventos, o AlgarveGay Fever. Será que tudo isto, sendo algo de novo, uma tentativa de tornar a nossa terra mais evoluida e respeitadora dos gostos e costumes de cada um, está a afectar certos individuos da nossa sociadade, que continua a ser muito "portuguesa"???


Não se sabe! Violência gratuita, ataque planeado ou pura e simplesmente homofobia... A verdade é que estamos sinceramente a repensar todo o nosso modo de viver, de forma a ter um pouco mais de segurança, evitando que uma situação semelhante ou quiçá pior, possa voltar a acontecer.

Ricardo Cruz-Relações Publicas

terça-feira, junho 05, 2007

Dia de cão


SMS:O cão coxeia e tem a pata inchada, está abatido e não comeu.

Corrida para o Hospital Veternario.

Viagem de volta ja com tratamento aplicado.

Tenho um cao idoso deprimido por andar a fazer figuras como a imagem.

Conclusão: o cão é como uma gaja, quando parte uma unha é um drama!

O mundo inteiro sem sair da mesa



Convite para jantar com vista sobre a cidade de Lisboa ...

Jantar gourmet e descobrir o mundo inteiro sem sair da mesa...grupo animado e com gente muito viajada com inumeras estórias de recantos do mundo que os meus pés provavelmente nunca irão pisar!

Senti-me verdadeiramente cosmopolita no meio desta gente cidadã do mundo!

Este é o meu fascínio pelos viajantes que trazem consigo mais do que fotografias de resorts, estes sao viajantes que foram ao Sudão, ao Bronx, ás favelas do Brasil a Marrocos a Florença , que acamparam na Amazónia, atravessaram a India de autocarro e comboio ...estiveram no sopé do Evereste e como diz um deles até á Reboleira ja foram !

Nunca viajam com com muitos planos ou muita bagagem, e deixam-se contagiar pelos cheiros dos sitios por onde passam trazem de volta as peripécias e aventuras de ate ter iso para o saara de jipe e mapa em punho sem ter absolutamente noção nenhuma, sem levar o instrumento essencial uma pá para desatascar o carro!

São estes serões que dão de beber á minha alma, dar a volta ao mundo sem sair da mesa!

sábado, junho 02, 2007

Discussão de Sabado á noite em camera lenta

Sabado á noite e duas almas penadas em casa a namorada estafada de andar de bicicleta e eu estafada de estar na esplanada a beber jolas.
WW:" Então?... Queres fazer alguma coisa hoje, ou queres ficar a ver filmes?"
Namorada: " Não sei... podiamos convidar a A para beber cafe..."
WW: " Ok vou ligar"
Namorada: "E? quer ou nao!"
WW: "Vai pensar, não tá muito na onda de sair!"
Namorada:" Que diabo é só um cafe."

20 minutos depois...

WW: " Ja sei, vamos a uma loja de conveniencia comprar gelado Hagan-Daz e um cafe num copo."
Namorada:"hum..."

10 minutos depois...

Namorada:" E que tal irmos ao Maria Lisboa?"

Pois a miuda ficou viciada, e eu la fico sem o gelado...

sexta-feira, junho 01, 2007

in "Mar inteiro"

De uma forma estranha sinto a tua falta,
Um vazio no peito como maré,
que enche e vaza...

A espuma traz lembranças,
uma viagem nunca feita,
um destino exotico.

Teu cheiro de tamaras,
perfumam a brisa que cresce em mim,
aperta-me o peito,
deixa-me suspensa.

A minha boca quer a tua,
o desejo como corda de violino,
Sinfonia de uma só nota,
e eu nada sei de ti.

Especialmente para o Pride!







Cá estão as novas criações gráficas para tshirts, casacos, mochilas, pin's, lenços da Associação Panteras Rosa.
Há mais mas estes foram os que gostei mais!
Se fosse ao Pride em Madrid levava uma Tshirt a a dizer #Camiona#ou #FUFA#
Só porque sim!

terça-feira, maio 29, 2007

Bebe Negão

É DO MELHOR!!!

domingo, maio 27, 2007

As frases da noite...


- A morena tem um rabo todo bom!

- Qual das meninas vais levar para casa?
R: a minha!


- Tás cá hoje?

- Tas tensa!
R: nada que não passe com 3 vodkas

- És mais gira do que eu imaginava!
R: mas já tínhamos falado?

A mais ouvida: - Qual é o teu nick?

As mais idiotas:
_ As miúdas dançam melhor paradas! (referindo-se ás dançarinas)

_ Se a gaja me tira uma foto…vou lá e tiro-lhe o rolo! (referindo-se a uma maquina digital)

- Este sumo de limão é só Vodka!

- Desculpa não ter falado, não te reconheci… a ultima vez que te vi eras loura!

- Onde são os WC?
R: Qual delas?

A mais marcante: - Vocês conhecem-se?!
*****************************************************************************

Festa da Maria!


Como podem ver pela data, a festa foi ontem, e eu fui… não queria… mas mandaram convite e lá fui sem grandes expectativas.

Fui e gostei!

A casa estava composta, muito mais do que tem estado ate á data, a freguesia 90 % de mulherio comprova simultaneamente duas coisas, a primeira, que a divulgação do boca a boca é muito eficaz, a segunda, fazia falta em sitio assim para o mulherio se abanar.

Muitas pessoas responderam ao convite de levar traje mais ou menos alusivo, muitos chapéus de cóbois, o que deu um ar de graça.

As dançarinas prometidas apareceram, e eram jeitosas como a publicidade alardeou, despidas q.b., de traje de cóboi motivo pele de vaca, estiveram bem, dançaram pouco porque o espaço disponível era pouco.

Mas, como disse entre dentes alguém também não era preciso dançar muito, giras á brava, as vistas lavavam-se mesmo que não se tivessem mexido.
A noite correu muito bem, conheci finalmente algumas pessoas com já tinha trocado algumas palavras no mundo virtual, e agradavelmente todas revelaram-se fiéis aos seus alter egos ou avatares, uma em particular que toda a gente me dizia:”- tens de conhecer”, “ – é muito gira!”. Pois que sim, já conheci, já tenho opinião mas não vou dar.

Esta noite teve uma particularidade interessante, cruzei-me com gente que não via há séculos, não foi nem bom nem mau, foi surpreendente.

O melhor:
  • A música conseguiu “evoluir”, começou com 80’s, acabou mais house.
  • O show de travesti, com um fato semelhante ao meu avatar (decerto que foi aqui que tirou o modelito), não chateia, não ridiculariza.
  • As meninas a dançarem num balcão, animaram a plateia e entusiasmaram muita gente a fazer-lhe companhia.
  • As barmaids vestidas a rigor! Para alem da simpatia habitual.
  • Os fotógrafos discretíssimos.



    O menos bom:

    -Nenhum WC tinha papel desde do início da noite.
    -A música estava muito alta

    O pior:

    - A ressaca de hoje!

    Conclusão: A Maria sabe dar um boa festa!

quarta-feira, maio 23, 2007

Libertando-se do armário!



Sergio Viula

Formação Formado pelo Seminário Teológico Betel, estudante de Filosofia na Uerj

Trajetória Abandonou o grupo evangélico Movimento pela Sexualidade Sadia e assumiu ser gay

Dados pessoais Ex-pastor da Igreja Batista, é separado e pai de dois filhos

O carioca Sergio Viula, de 35 anos, foi um dos fundadores do Movimento pela Sexualidade Sadia (Moses), ONG evangélica que dá auxílio a pessoas que desejam abandonar a homossexualidade. Chegou a ser pastor da Igreja Batista, casou-se e teve dois filhos. Há um ano e meio, porém, assumiu ser gay, deixou a igreja e rompeu o casamento. Viula, atualmente professor de Inglês e estudante de Filosofia na Uerj, conhece como poucos os métodos dos grupos de ''reorientação'' sexual. Sabe que não funcionam e critica o projeto de lei do deputado estadual Édino Fonseca (PSC) que prevê o custeio de tratamento psicológico para pessoas interessadas em ''virar heterossexuais''. O texto, condenado por psicólogos e psiquiatras, já passou por três comissões na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro e pode ser aprovado até o fim do mês.

ÉPOCA - Como surgiu o Movimento pela Sexualidade Sadia, que atua em várias denominações evangélicas?

Sergio Viula - O objetivo era a evangelização de homossexuais, que nada mais é do que fazer proselitismo religioso. Pretendíamos mostrar que a homossexualidade não é natural e deveria ser abandonada pelos que quisessem agradar a Deus. O Moses também queria dar uma resposta aos grupos gays, que tinham espaço na mídia.

ÉPOCA - Como o grupo pretende reverter a homossexualidade?

Viula - Vendem uma solução, enchendo as pessoas de culpa. No tempo em que eu estava lá, ouvia relatos de sofrimento e tentava arrumar razões para a homossexualidade, sempre ligadas à desestruturação familiar ou a traumas. Era um absurdo. O discurso do Moses é homofóbico e cruel: ''Jesus te ama, nós também, mas você precisa deixar de ser gay''. O homossexual continua sentindo desejo, mas com um pé no prazer e o outro na dor, com sentimento de culpa, medo, auto-rejeição. Criávamos uma paranóia na cabeça deles.

ÉPOCA -Quando você percebeu que o ''tratamento'' era uma farsa?

Viula - A gota d'água foi quando um rapaz soropositivo, que chegou a ser da diretoria do Moses, morreu. Ele havia se envolvido sexualmente com dois integrantes do grupo. Um deles estava tão apaixonado que chorou mais que a viúva no enterro. Comecei a pensar que o grupo não funcionava nem para os que estavam dentro dele.

ÉPOCA - Nem para você?

Viula - Sou o melhor exemplo de que não existe ''cura'' da homossexualidade. Sabia que era gay desde os 16 anos. As pessoas que dizem que mudaram, na verdade, continuam sentindo desejo. Um padre que é celibatário e heterossexual não deixa de ser heterossexual porque é celibatário. Um homossexual que não transa porque quer ä renunciar a isso pela fé é gay. Só não está em atividade.

ÉPOCA - O que acontecia nos bastidores do movimento?

Viula - Uma vez criaram uma célula de homossexuais que se reunia na Tijuca para fazer uma espécie de terapia em grupo. Em vez de virarem heterossexuais, começou a rolar paquera. Tinha gente que saía da reunião para namorar. Dentro do próprio apartamento que sediava os encontros aconteceram experiências sexuais. A célula acabou cancelada. Outra situação absurda ocorreu em um congresso da Exodus - grupo cristão internacional que combate a homossexualidade - em Viçosa. Os caras paqueravam e ficavam juntos durante o evento. A mensagem da militância gay, que se reuniu na porta, era: ''Nos deixem em paz''. Lá dentro, dizíamos que Deus transforma. Mas quem estava no evento fazia o mesmo que o pessoal de fora (risos). Era uma incoerência total.

ÉPOCA -Sua saída do Moses coincidiu com sua ''saída do armário''?

Viula - Sim. Há três anos abri o jogo com as lideranças da Igreja Batista e do Moses e me separei de minha mulher. Depois de um mês isolado, voltei para o casamento e para o Moses. Tinha chegado à conclusão de que era gay, mas não tinha resolvido a questão de fé em minha cabeça. Dois anos depois, me desliguei de vez.

ÉPOCA - Como sua família reagiu?

Viula - A relação com minha ex-mulher é amigável, mas com meus pais está extremamente abalada. São evangélicos e negaram a vida inteira que tinham um filho gay. Não suportaram ouvir de mim o que sempre quiseram esconder. Não nos falamos mais. Tenho um filho de 9 anos e uma menina de 12. Contei a verdade a ela e expliquei por que não podia continuar casado. Ela diz que me ama e não tem vergonha do pai.

ÉPOCA -A mensagem evangélica alimenta a homofobia?

Viula - A maioria dos evangélicos discrimina. O deputado Édino Fonseca é notadamente desequilibrado. Disse na Assembléia de Deus que os gays desejam fazer clonagem para criar um exército e dominar a sociedade. Há muitas pessoas desinformadas nos templos e, para elas, o gay é inimigo em potencial. O Moses deveria orientar as famílias assim: ''Seu filho é gay, mas pode ser saudável, bonito, inteligente e bem-sucedido, como qualquer heterossexual''. Isso nunca foi feito.

ÉPOCA -Você atualmente freqüenta alguma igreja?

Viula - Não. Mas isso não está só relacionado a minha homossexualidade. Conheço muitos gays que são religiosos. Abandonei a igreja por pensar que o Deus cristão é um mito. Mas acho importante militar por uma abertura na igreja. Como grupo social, ela tem de ter uma representatividade gay para não ser discriminatória. Não sou ativista, mas incentivo os movimentos gays, sobretudo o de Luiz Mott (Grupo Gay da Bahia), que foi massacrado por nós, do Moses. Neste ano, fui à ParadaGay do Rio pela primeira vez como homossexual assumido. Antes ia como evangelista. Foi uma experiência maravilhosa. Nunca estive tão em paz. -->

Saído dos Malucos do Riso!

Hoje uma grande amiga que está aos 32 anos a passar por uma situação complicada, ligou para o seguro médico para saber se tinha ou nao autorização para um intrevenção cirurgica, após os habituais:
"- Pode aguardar um momento?"
Sempre que me dizem isto, tenho uma vontade enorme de dizer não, não posso, tenho mais que fazer do que esperar!
"Pode aguardar mais um momento"
Toca pela enesima vez "Fur Elise" só me lembro do anuncio da Charles de uns anos atras, esta gente devia modernizar-se!
"Só mais um momento, por favor!"
E, eis que a critura ( ou voz de criatura) sai-se com a brilhante tirada:
"É uma intrevençao de um tumor maligno?"
A minha amiga amarelou, conteve a raiva:
- sim é isso.
"Ah, pois, tem aprovação, pode avançar com o tratamento."
O resto da conversa seguiu-se da parte da minha amiga em HUM, sim,hum .

Obrigada.

Penso eu, que deveria ser exigido ás pessoas que lidam, ainda que seja só por telefone, com pessoas que por algum motivo não estão no ponto mais alto das suas vidas, que tivessem um minimo de sensibilidade.

Mas isso sou eu que penso demasiado.

terça-feira, maio 08, 2007

Figos



A maneira correcta de comer um figo à mesa
É parti-lo em quatro, pegando no pedúnculo,
E abri-lo para dele fazer uma flor de mel,
brilhante, rósea, húmida, desabrochada em quatro espessas pétalas.
Depois põe-se de lado a casca Que é como um cálice quadrissépalo,
E colhe-se a flor com os lábios.
Mas a maneira vulgar
É pôr a boca na fenda, e de um sorvo só aspirar toda a carne.
Cada fruta tem o seu segredo. O figo é uma fruta muito secreta.
Quando se vê como desponta direito, sente-se logo que é simbólico: Parece masculino.
Mas quando se conhece melhor, pensa-se como os romanos que é uma fruta feminina.
Os italianos apelidam de figo os órgãos sexuais da fêmea:
A fenda, o yoni, Magnífica via húmida que conduz ao centro.
Enredada,
Inflectida,
Florescendo toda para dentro com suas fibras matriciais;
Com um orifício apenas.
O figo, a ferradura, a flor da abóbora.
Símbolos.
Era uma flor que brotava para dentro, para a matriz;
Agora é uma fruta, a matriz madura.
Foi sempre um segredo.
E assim deveria ser, a fêmea deveria manter-se para sempre secreta.
Nunca foi evidente, expandida num galho
Como outras flores, numa revelação de pétalas;
Rosa-prateado das flores do pessegueiro,
verde vidraria veneziana das flores da nespereira e da sorveira,
Taças de vinho pouco profundas em curtos caules túmidos,
Clara promessa do paraíso:
Ao espinheiro florido!
À Revelação!
A corajosa, a aventurosa rosácea.
Dobrado sobre si mesmo, indizível segredo,
A seiva leitosa que coalha o leite quando se faz a ricotta,
Seiva tão estranhamente impregnando os dedos que afugenta as próprias cabras;
Dobrado sobre si mesmo, velado como uma mulher muçulmana,
A nudez oculta, a floração para sempre invisível,
Apenas uma estreita via de acesso, cortinas corridas diante da luz;
Figo, fruta do mistério feminino, escondida e intima,
Fruta do Mediterrâneo com tua nudez coberta,
Onde tudo se passa no invisível, floração e fecundação, e maturação
Na intimidade mais profunda, que nenhuns olhos conseguem devassar
Antes que tudo acabe, e demasiado madura te abras entregando a alma.
Até que a gota da maturidade exsude,
E o ano chegue ao fim.
O figo guardou muito tempo o seu segredo.
Então abre-se e vê-se o escarlate através da fenda.
E o figo está completo, fechou-se o ano.
Assim morre o figo, revelando o carmesim através da fenda púrpura
Como uma ferida, a exposição do segredo à luz do dia.
Como uma prostituta, a fruta aberta mostra o segredo.
Assim também morrem as mulheres.
Demasiado maduro, esgotou-se o ano,
O ano das nossas mulheres.
Demasiado maduro, esgotou-se o ano das nossas mulheres.
Foi desvendado o segredo.
E em breve tudo estará podre.
Demasiado maduro, esgotou-se o ano das nossas mulheres.
Quando no seu espírito Eva soube que estava nua
Coseu folhas de figueira para si e para o homem.
Sempre estivera nua,
Mas nunca se importara com isso antes da maçã da ciência.
Soube-o no seu espírito, e coseu folhas de figueira.
E desde então as mulheres não pararam de coser.
Agora bordam, não para esconder, mas para adornar o figo aberto.
Têm agora mais que nunca a sua nudez no espírito,
E não hão-de nunca deixar que o esqueçamos.
Agora, o segredo
Tornou-se uma afirmação através dos lábios húmidos e escarlates
Que riem perante a indignação do Senhor.
Pois quê, bom Deus! gritam as mulheres.
Muito tempo guardámos o nosso segredo.
Somos um figo maduro.
Deixa-nos abrir em afirmação.
Elas esquecem que os figos maduros não se ocultam.
Os figos maduros não se ocultam.
Figos branco-mel do Norte, negros figos de entranhas escarlates do Sul.
Os figos maduros não se ocultam, não se ocultam sob nenhum clima.
Que fazer então quando todas as mulheres do mundo se abrirem na sua afirmação?
Quando os figos abertos se não ocultarem?
D. H. Lawrence, As Magias Tradução de Herberto Hélder
Coloco este poema por me terem recordado de como é belo...

Herois!!!




O Batman, pegou no seu Bat- Blazer, pegou no seu Bat- sapatos, e foi:


-A um Bat-Zado!






Eu vou pegar na minha Wonder mala, calçar as minhas Wonder botas e ser:

- Wonder-ful!!







quarta-feira, maio 02, 2007

Atendimento telefonico Part III



Funtastic Life Experience

Está?- Está, estou a falar com a Sra. Dona A.?
- Sim...
- Sra. Dona A., aqui da TV Cabo, estamos a ligar para apresentar a promoçãodos novos canais, que oferece...-
Desculpe, interrompo, mas com quem estou a falar?
- A Sr.ª está a falar com Natália Bagulho da TV Cabo. Eu estou a ligar para...
- Natália, desculpe-me, mas para minha segurança gostaria de conferir alguns dados antes de continuar com a nossa conversa, pode ser?
- ...Sssssim, pode...
- A Natália trabalha em que área da TV Cabo?
- Telemarketing Pró-Activo.
- E tem número de funcionária da TV Cabo?
- Desculpe, mas não creio que essa informação seja necessária.
- Então terei que desligar, pois não estou seguro de estar realmente a falar com uma funcionária da TV Cabo.
- Mas eu posso garantir...
- Além disso, sempre que tento falar com a TV Cabo sou obrigada a fornecer os meus dados a uma data de interlocutores.
- Tudo bem, a minha matrícula TV Cabo -6696969-TPA.
- Só um momento enquanto verifico.- ...??? (Dois minutos mais tarde) - Só mais um momento, por favor.- ...??? (Cinco minutos mais)
- Estou sim?
- Só mais um momento, por favor, estamos muito lentos hoje cá por casa.
- Mas, Sra Dona A... (Um minuto depois)
- Pronto, Natália, obrigado por ter aguardado. Qual mesmo o assunto?
- Aqui da TV Cabo, estamos a ligar para oferecer a promoção do Canal Funtastic Life Experience dá-lhe a oportunidade de conhecer os melhores Canais exclusivos do Funtastic Life , o melhor e mais completo pacote da TV Cabo, com mais de 65 Canais nas temáticas Desporto, Filmes e Séries, Infantil, Informação, Música, entre outras.
A senhora estaria interessada, Sra. Dona A.?
- Natália, vou ter que transferir a sua ligação para a minha mulher porque é ela quem decide sobre o contrato da Tv Cabo. Por favor, não desligue, pois a sua chamada muito importante para mim... (Pouso o telemóvel em frente ao leitor de CDs, coloco a música"Quero cheirar teu bacalhau" a tocar em repeat mode e vou beber um cafézinho...)

Atendimento Telefonico Part II



Os disparates ouvidos num Call Center


1 - Eu tenho um Tabarola Tocabute e queria saber dos Pontos.

2 - Pode-me activar o meu Rosming faxavor?

3 - Eu queria um cartão com o ping e o punc, menina.

4 - Eu quero deixar de ter esses ciclopes de facturação, quero uma Vitamina Livre!

5 - Olhe menina, o meu boice-mail xó actua quando eu num atendo e queria que ele actuasse quando está desligado...

6 - Eu queria activar a factura retalhada s.f.f.

7 - Eu queria que o meu n.º de telefone ficasse tapado quando eu faço chamadas. Isso é possível?

8 - Menina, queria que o meu n.º não aparecesse nos retrovisores dos outrostelemóveis.

9 - O meu telefone está bloqueado, está-me a pedir o puk. Eu não sei o que é isso e ainda esperei uma semana para ver se lhe passava, mas não aconteceu nada...

10 - Porque é que sem o cartão dentro do telemóvel não tenho acesso a nada?

11 - Fiz uma chamada para outra pessoa e tiraram-me dinheiro do telemóvel! Sou eu que pago?

12 - O meu pai vai para Espanha na Terça-feira, como é que eu faço para o telemóvel ir com ele?

13 - Está confidencial??? Mas ela não trabalha com dinheiro, como é que pode estar confidencial?

14 - O meu telemóvel tem uma mensagem: Inspira código PIN.

15 - Ó menina, eu queria aderir o meu horósco.

16 - Eu queria o tarifário Zunc (Zoom)

17 - O Motorola T 720 tem ultra vermelhos?

18 - Pode-me dizer qual é o indicativo internacional dos Açores?

19 - Olhe, eu já falei com a TNM e com a Megafone...

20 - Eu gostaria de solicitar uma avaria no meu telemóvel, s.f.f.

21 - Estou com algumas dúvidas em ouvi-lo.

22 - Boa noite, eu gostava de inserir-me no cartão da Optimus.

23 - Ó menina! Veio cá um agente para ver se eu queria mudar para a Rodafone!

24 - Olhe, eu queria activar o Rómulo Automático.

25 - Eu sou um Pioneiro Inicial!

26 - Eu tenho um Arcatel da Optimus.

27 - Eu quero alterar os nºs Broom

28 - Eu quero activar o Horoscrópo.

29 - Eu queria alterar o meu tarifário para Vitamina Total Livre.

30 - Eu queria activar o meu Bananarama.

31 - (Clt emigrante) - De acordo, a carta já marcha. (Tradução: Sim, o cartão já faz chamadas)

32 - Eu quero alterar o meu tarifário para mãos livres e queria saber se continuo a receber os
bónus

33 - Alcatel Onetóche 511

34 - Eu queria activar o serviço Ape (Wap)?

35 - Eu tenho um Bomber Chat

36 - Era possível ficar a dever 2 mensagens à Optimus até terça-feira, que eu depois pago?

37 - Eu queria saber se posso ter toques paleofónicos.

38 - Posso receber bitoques e imagens no meu telefone

39 - Eu tenho um Oiricsson.

40 - Operador: Eu estou a falar com...? - Cliente: MIGO, está a falar COMIGO.

Atendimento telefonico Part I



APOIO TELEFÓNICO DO JÚLIO DE MATOS
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
TRRIIIMM... TRRIIIMM... TRRIIIMM...
Responde o atendedor de chamadas da Casa de Saúde:
"Obrigado por ter ligado para o Júlio de Matos (Instituto de Saúde Mental), a companhia mais adequada aos seus momentos de maior loucura."

* Se você é obsessivo-compulsivo, marque repetidamente o 1;
* Se você é co-dependente, peça a alguém que marque o 2 por si;
* Se você tem múltipla personalidade, marque o 3, 4, 5 e 6;
* Se você é paranóico, nós sabemos quem é você, o que você faz e o que quer. Aguarde em linha enquanto localizamos a sua chamada;
* Se você sofre de alucinações, marque o 7 nesse telefone colorido gigante que você, e só você, vê à sua direita;
* Se você é esquizofrênico, oiça com atenção, e uma voz interior lhe indicará o número a marcar;
* Se você é depressivo, não interessa que número marque.
Nada o vai tirar dessa sua lamentável situação;
* Porém, se VOCÊ votou Sócrates, não há solução, desligue e espere até 2009.
Aqui atendemos LOUCOS e não INGÉNUOS! Obrigado!

sábado, abril 14, 2007

O sorriso




(...)
Deixei um sorriso ao pé da escada.
Passaste, viste, agarras-te
Sorriste.
Num momento único de gloria
De um artista velho e já sem graça,
Senti-me feliz por ter te feito sorrir…

Que presunção a minha,
Por ter deixado um sorriso ao pé da escada.

(…)

Antes do Tempo


Quando o Sol subiu,
Já nós conhecíamos a luz.
Quando foi tempo de colheita,
Já nós conhecíamos o sabor da fruta.

Quando a chuva caiu,
Já nós estávamos molhados.
Quando a tristeza nos tocou,
Já nós estávamos cansados.

Vivemos a vida inteira a correr,
A antecipar os acontecimentos,
a perder o importante, o valor,
o que nos é querido.

Quando o fim chegou,
Já nós estávamos mortos.

Lost


Não é por hoje ser domingo que me fazes falta… não por me sentir só que me lembro de nós, é por ser um dia igual a tantos outros – Vazio.
O riso preenchia-me as horas prendia-me á Vida sem esforço.
A tua presença ocupava a minha existência com calor, nunca havia dias cinzentos apenas dias menos azuis, o tempo passava leve entre os dedos como areia fina da praia.
Beira mar onde sonhámos com o futuro glorioso que nos aguardava.
O futuro chegou sem gloria sem luz sem ti.
Sinto-me uma casca oca sem mais nada .
Por onde viajas sem mim? Sem esta metade que ficou retida no quotidiano.
Dizes que a única pessoa de quem nunca nos separamos é de nós próprios, por isso mais vale amar-nos, ou pelo menos aprendermos a aturar nos sem esforço.
Não é verdade, agora sei que não é verdade, podemos afastar nos de que somos na essência.
Onde andas Alma que deixas-te só este corpo enrugado?

quinta-feira, abril 05, 2007

Beleza e Juventude


Numa sociedade que associa a Beleza à Juventude através de conceitos anti-idade e ideais estereotipados, um estudo internacional* quis compreender qual a influência que estes factores exercem nas mulheres do mundo actual e de que modo afectam a sua auto-estima, a sua auto-imagem e a forma como a sociedade as percepciona.
Em todo o mundo, mulheres acima dos 50 anos foram inquiridas sobre o envelhecimento e as mudanças que dele advêm em nível de beleza, importância social, realização pessoal, sexualidade, aparência e nas expectativas que a sociedade impõe.

Preconceitos e Estereótipos
A sociedade nutre uma visão distorcida das mulheres acima dos 50 anos, fomentando (pre)conceitos relativos a uma falta de produtividade e ineficiência, a um menor cuidado com a aparência, a uma passividade na vida social e sobretudo à exclusão do que é considerado Belo por ultrapassar a “idade ideal” de Beleza.
Estes estereótipos são mais flagrantes quando se compara o sexo feminino e o masculino.Os homens acima dos 50 anos são considerados distintos, elegantes e charmosos, enquanto as mulheres, são vistas como tendo ultrapassado o seu auge.
Esta visão que a sociedade tem sobre as mulheres acima dos 50 anos influi no próprio processo de envelhecimento, pois a maioria das mulheres inquiridas acredita nestes estereótipos – uma tendência que se revelou mais evidente nas mulheres alemãs.

“O envelhecimento torna-nos invisíveis…”
A não utilização de mulheres acima dos 50 anos nas revistas, em secções dedicadas a moda e beleza faz com que estas se sintam “invisíveis”. Com maior incidência junto das Italianas, Alemãs, Canadianas e Americanas (%), este sentimento é expresso por cerca de 60% do total das inquiridas.Estas afirmam, que este tipo de meios funcionam como um reflexo da população e ao folheá-los, se poderia pensar que não existem mulheres acima desta faixa etária, salvo algumas celebridades que desafiam estas concepções.Ainda que algumas personalidades se destaquem, de uma forma geral, as mulheres com mais de 50 anos não estão habituadas a se ver representadas nos media, na política e na cultura dos seus países.
“Idade Ideal de Beleza”
De acordo com a perspectiva da sociedade e da cultura de cada país, as mulheres são mais atraentes e desejáveis quando atingem a faixa etária dos 30 anos. Esta convicção tem algumas variações, nos EUA e no Reino Unido a idade ideal é mais baixa – 29 e 30, enquanto que em Itália, França e Japão este auge é reconhecido mais tarde – 34, 35 e 36 respectivamente.Esta variação regional pode ser determinada por ícones locais que mantenham a sensualidade após a “meia-idade”, como é o caso da italiana Sophia Loren ou de Ségolène Royal, a actual candidata a primeiro-ministro em França.Ainda assim, 10% das mulheres sentem-se mais atraentes na sua idade actual, enquanto que 4% das inquiridas acredita que este ideal chega aos 50 anos.O estudo revelou ainda, que a maioria das inquiridas consideram que a sociedade é menos permissiva para com as mulheres com mais de 50 anos do que com as mais jovens, especialmente em questões ligadas à exposição do corpo. Sendo que, as Americanas e as Canadianas são as mais conservadoras em oposição às culturas latinas.
“O Paradoxo do Envelhecimento”
As mulheres entre os 50 e 64 anos debatem-se diariamente com as suas próprias percepções sobre envelhecimento, mantendo uma relação ambivalente com a idade. Apesar de 86% das mulheres terem orgulho em a expressar, 91% afirma que gosta de ser considerada mais jovem. As inquiridas assumem a sua idade, mas preocupam-se com os aspectos físicos e psicológicos inerentes ao envelhecimento, sendo que, 79% nunca mentiu ou evitou revelar quantos anos tem, enquanto 69% reconhece que a sociedade prefere esconder a celebrar a idade.Mais de metade destas mulheres admite que a ideia de envelhecer não as inquieta – principalmente Italianas e Mexicanas – contudo, ao mencionar certos aspectos específicos do envelhecimento, a grande maioria revela grandes preocupações, como a morte de entes queridos e a diminuição de capacidades físicas e psíquicas. A grande maioria assume que se preocupa com as alterações físicas, nomeadamente na pele, no cabelo e no corpo como o aumento de peso, os cabelos brancos e a flacidez da pele, sendo as brasileiras as que mais afirmam recorrer a cirurgias plásticas.Condicionadas pelo olhar crítico da sociedade, 80% destas mulheres admitem alterar alguns hábitos (como ir à praia, usar roupas mais reveladoras ou serem fotografadas) por se sentirem desconfortáveis com as mudanças que advêm da passagem do tempo.
“Não reflicto os estereótipos da minha idade”
As mulheres de 50 anos da actualidade pertencem a uma nova geração, mantêm um espírito muito jovem, descrevem-se como amadas, felizes, activas, valorizadas e 87% acredita ser demasiado nova para ser velha. A maioria defende ser uma mulher diferente da sua mãe nesta idade: são financeiramente independentes, cuidam da sua saúde e do seu visual, ocupam cada vez mais e durante mais tempo, lugares de destaque no mercado de trabalho, têm consciência da sua cidadania, mantêm o ritmo da sua vida social (saídas com as amigas, viagens) e são sexualmente activas – 40% das inquiridas admite usufruir mais da sua vida sexual do que quando era jovem.As inquiridas defendem que é importante cuidarem de si para poderem envelhecer de modo saudável, mantendo a sua qualidade de vida, no entanto, nem todas consideram necessário visitar regularmente o médico.Relativamente à aparência, estas mulheres sustentam que é mais importante cuidar e manter a sua imagem que disfarçar ou alterá-la.
“Mudanças desejadas na sociedade, nos media e na indústria de cosmética”
Sensivelmente todas as inquiridas consideram que está na altura de se alterar a visão que a sociedade apresenta sobre as mulheres e o envelhecimento. 91% afirma que os media e a publicidade deviam utilizar imagens mais representativas das mulheres de 50 anos e 75% declara que a publicidade anti-envelhecimento as retrata de forma irrealista.Acima de tudo, estas mulheres afirmam que gostavam de ver a sua essência e o seu valor representados de forma real na sociedade e na cultura em geral.
Tudo isto faz pensar na maneira como olhamos as mulheres masi velhas!

* Estudo internacional » A Dove desenvolveu o Dove Global Study 2006 “Beauty Comes Of Age”, em parceria com o Grupo StrategyOne, uma firma de Consultadoria e pesquisa aplicada, em colaboração com o Dr. Robert N. Butler (Centro Internacional de Longevidade) e com aconselhamento da Dr.ª Nancy Etcoff (Universidade de Harvard), e da Dr. Susie Orbach (Departamento de Sociologia da London School of Economics).

segunda-feira, março 19, 2007

Mulheres com mais de 30 anos


Para todas as mulheres com mais de 30 anos... e para aquelas que têm medo de entrar nos 30... e para as que têm medo ou que não sabem lidar com mulheres com mais de 30!

À medida que vou envelhecendo, valorizo cada vez mais as mulheres com mais de 30 anos. Estas são apenas algumas das razões porque o faço:

- Uma mulher com mais de 30 nunca te acordará a meio da noite para perguntar "Em que é que estás a pensar?". Ela não se importa com o que tu pensas, o sono é um bem essencial.

- Se uma mulher com mais de 30 não quer ver o jogo de futebol, não se senta a teu lado a lamentar-se nem vê para te agradar. Ela faz alguma coisa que queira fazer. E, geralmente, é algo mais interessante.

- Uma mulher com mais de 30 conhece-se suficientemente bem a si própria para estar certa de quem é, o que quer e de quem o quer. Poucas mulheres com mais de 30 anos ligam alguma ao que tu possas estar a pensar sobre ela ou sobre o que ela está a fazer.

- As mulheres acima dos 30 têm dignidade. Raramente terão uma discussão aos gritos contigo na ópera ou no meio de um restaurante chique. No entanto, claro, se tu mereceres, não hesitarão em dar-te um tiro.

- As mulheres acima dos 30, valorizam os pequenos prazeres. A perfeição está nos detalhes.

- As mulheres mais velhas não têm medo do que sentem, se se sentem atraídas dizem-no sem problemas.

- As mulheres acima dos 30 ganharam já o direito ao mau humor sem que isso comprometa relações sejam de que tipo forem.

- As mulheres acima dos 30, já aprenderam a rir de si próprias (ou estão muito perto disso) e das suas idiossincrasias.

- As mulheres mais velhas são generosas nos elogios, muitas vezes nãomerecidos. Elas sabem o que é não ser apreciado. Muitas vezes pode ser confundido com descaramento.

- Uma mulher acima dos 30 tem segurança suficiente para te apresentar às amigas. Uma mulher com mais de 30 não se podia estar mais nastintas se tu te vais sentir atraído pelas amigas dela, não porque confie em ti, mas porque sabe que elas não a trairão.

- As mulheres tornam-se psíquicas à medida que envelhecem. Nunca terás que confessar os teus pecados a uma mulher com mais de 30. Elas sabem sempre.

- Uma mulher com mais de 30 fica bem a usar um batom vermelho brilhante. O mesmo não se aplica às mulheres mais novas.

- Depois de ultrapassares uma ou outra ruga, vais ver que uma mulher com mais de 30 é de longe mais sexy do que qualquer outra mais nova.

- Depois dos 30 as mulheres já não tem grandes questões relativamente ao seu corpo aprenderam a aceitar o que não podem mudar e a tirar partido do que têm de melhor.

- As mulheres com mais de 30 anos não têm defeitos, têm qualidades menos desenvolvidas.

- As mulheres mais velhas são correctas e honestas. Dizem-te imediatamente que és uma idiota se te estiveres a comportar como tal.Nunca tens que tentar adivinhar em que pés estão as coisas entre vocês.

- Sim, elogio a mulher com mais de 30 por várias razões. E uma delas é eu ter mais de 30 e a minha namorada ser muito mais nova segundo a própria!

Acima de tudo as mulheres são simplistamente como os vinhos, os bons melhoram com o tempo os maus azedam.

Há que “educar” os sentidos, e saber notar as diferenças a tempo!

quarta-feira, março 07, 2007

Os 12 Mandamentos Contra O Casamento e Adopção Gay

1. A homossexualidade não é natural, tal como os óculos, plásticos, relógios, hospitais e controlo de natalidade.
.
2. Os casamentos heterossexuais são válidos porque originam crianças. Casais inférteis e pessoas idosas não podem legalmente casar-se porque o mundo precisa de mais crianças.
.
3. É claro que pais homossexuais irão educar crianças homossexuais, visto que os pais heterossexuais apenas educam crianças heterossexuais.
.
4. O casamento heterossexual terá menos significado se o casamento gay for permitido, a prova disso é o imenso significado que teve o casamento faz-de-conta de 55 horas de Britney Spears nos EUA.
.
5. O casamento heterossexual é uma instituição muito antiga e que não mudou nos últimos séculos; as mulheres são propriedade dos maridos, pretos não podem casar com brancos, e o divórcio é ilegal.
.
6. O casamento entre pessoas do mesmo sexo deve ser uma decisão do povo, não dos tribunais, visto que os governos eleitos por maioria, e não os tribunais, têm historicamente protegido os direitos das minorias.
.
7. O casamento gay não tem o apoio da religião. Numa teocracia como a nossa, os valores de uma religião são impostos em todo o país. É por isso que temos apenas uma religião em Portugal.
.
8. O casamento gay vai encorajar mais pessoas a tornarem-se homossexuais, da mesma forma que socializar com pessoas altas faz-nos crescer alguns centímetros passados alguns meses.
.
9. A legalização do casamento gay vai abrir a porta a todo o tipo de comportamentos loucos. As pessoas podem mesmo querer casar-se com os seus animais de estimação visto que um cão é uma pessoa em termos jurídicos e pode assinar uma declaração de casamento.
.
10. As crianças nunca terão um desenvolvimento normal sem um modelo masculino e feminino em suas casas. É por isso que pais solteiros são proibidos por lei de criarem crianças.
.
11. O casamento gay vai mudar a base fundamental da nossa sociedade. O casamento heterossexual já existe há muito tempo, e nós nunca nos conseguiremos adaptar a novas normas sociais. A prova deste facto é que temos tido dificuldades extremas em nos adaptarmos a coisas novas como carros ou à maior esperança de vida.
.
12. As alterações na lei de uniões de facto, que permitam os mesmos direitos que o casamento civil mas com um nome diferente são uma solução boa, porque "diferentes mas iguais" é um princípio constitucional básico. As escolas separadas para negros funcionaram bem nos EUA e como tal os casamentos diferentes para gays e lésbicas também fazem todo o sentido.
.
Felizmente que Portugal é um país de tradições e não é dado a estas "modernices" e as escolas têm secções separadas para rapazes e raparigas com programas diferentes adaptados naturalmente a cada género.

Retirado Do Portugalgay e adaptado de texto anónimo em inglês encontrado na Internet.

quinta-feira, março 01, 2007

Downloads de miúdas com Internet a 56kbs!


A receita ideal para efectuar um download perfeito, via Internet, de alguém com quem compartilhar o gel de banho (por escassos momentos)...
.
1º Sente-se reconfortada na cadeira. Tenha sempre à mão, os cigarros, as pastilhas e a garrafinha de água, ou outros.
...
2º Meta um cd de música soft e tranquila e desligue o telemóvel
...
3º Conecte-se ao IRC* e seleccione um canal temático de preferência de índole sexual se tiver muito aflita.
...
Se gostar de fazer as coisas com calma… escolha um canal dissimulado, intelectual onde em pvt tudo se fala menos de coisas literárias, intelectuais, sociais ou politicas.
...
----- *Pense antecipadamente num nickname com classe. Ponha 2 pitadas de mistério, junte algum romantismo ou rebeldia conforme preferir. Abstenha-se de usar números (indicadores de idade), de facto já saíram de moda há eras.
...
4º Relaxe. Pique um e outro nick. Não reaja a conversas… estilo «De onde teclas?», «Que idade tens?» ou mesmo «M ou F?». De vez em quando peça desculpa… e 1 ou 2 min de intervalo. Diga que é para atender o telemóvel. Nessas alturas aproveite para ir ao WC, estender a roupa, dar de comer ao gato ou até mesmo passar a ferro a roupa do dia seguinte.
...
5º Não revele a sua identidade. Ou melhor, revele… diga que é Directora de uma empresa…Que está a acabar a tese…. Que amanha tem que ir à barra… ou até mesmo que tem uma lista enorme de doentes para operar… entendeu? Quanto à idade…seja honesta… diga que tem 33B em vez dos seus 43 anos… (você é barra em matemática e a letra B assume um numeral qualquer).
...
6º Quanto ao seu aspecto físico… NÃO OMITA NADA! É loira (sim é… mesmo que pintada). É magra (naquela foto das férias na Ericeira de 1979) É alta (usa saltos de 20 cm) Tem uns seios direitinhos (quando se põe de barriga para baixo a fazer flexões) Adora a sua boca (nada de referir o aparelho nos dentes) porque tem lábios carnudos (esqueça o pormenor do botox)
...
7º Posto os itens anteriores… defina o estilo de mulher que pretende. Quer uma Bi? Uma Les? Uma hetero? Uma jovem? Uma madura? Experiente? Sem experiência nenhuma? Ah… convém sempre dizer que tem uma ou mais relações a correr em simultâneo ou mesmo até que é casada, comprometida ou em vias de...(assim você, torna-se mais apetecida) Já se decidiu? Ok. Passe ao item seguinte.
...
8º Pergunte sempre o perfume que a outra usa (no caso de serem homens ficam sempre enrascados com esta pergunta). Fale sempre por enigmas. Meta se necessário, os signos e outras questões transcendentais ao barulho…seja mística em doses q.b. e esotérica em doses modernas.
...
Passe um ou dois poemas (anote na próxima vez que beber café Nicola… os pacotes de açúcar trazem inscritos pequenas pérolas da poesia portuguesa). Fale das viagens que já efectuou (abra o site da National Geographic e tire notas de locais exóticos… se não der… veja o site da Agência Abreu… também serve)
...
9º Ao segundo dia de conversa… escolha um dos nicks. Troque de fotos. Invista naquele que mais lhe agradar e discretamente deixe cair o seu número de telemóvel na janela do chat.·Aguarde que lhe liguem (Não seja parva e não gaste dinheiro sem ter certezas). Passe o chat para sms de 10 em 10 min ou ligação telefónica (por estes meios pode ver capacidade económica do outro lado e simultaneamente testa o nível de resistência).
Mantenha-se assim pelo menos uma semana (até chegar a sexta feira ou sábado o que der mais jeito).
...
10º Se a voz agradar… marque encontro num sitio discreto, requintado e com bom gosto… pode ser a esquina Das PRIMAS ali no Bairro Alto (ahahahaah). Diga que vai em tons de azul… (em cima do acontecimento vista-se com outra cor… assim verá primeiro antes que seja vista).
...
Agrada-lhe a pessoa? PARABÉNS acabou de efectuar um download via Internet!
...
NOTA: Não se aceita reclamações, pedidos de troca ou devoluções. Não damos garantia nem tão pouco prazo de validade. Em caso de manifesta insatisfação aconselhamos outros meios…
...
INTERVALO PUBLICITÁRIO
...
Já à venda EM PORTUGAL Bonecas insufláveis de qualidade!
Kit de manutenção e bomba de refrigeração incluída Faça já o seu pedido.
Não fique à mercê de downloads INDESEJADOS.
.
NA COMPRA DE 2 BONECAS, MAIS O KIT DESENRASCA SERÕES oferecemos viagem ao Rio de Janeiro!
.
NÃO PERCA ESTA SUPER PROMOÇÃO
.
.
.
Texto cedido por:
Garamond